Trabalha na Holanda? Como levar a tua família para Holanda?

09/12/2019

Trabalha na Holanda? Tomaste a decisão de mudar de país? A Holanda é realmente um ótimo país para viver e com muitas possibilidades. Portanto, se decidiste estabelecer-te e gostarias de levar a tua família contigo.Vamos explicar como.

Primeiro de tudo, o principal conselho é que tu te estabeleças primeiro. A mudança de país, cultura, costumes e idiomas é um processo que leva tempo para se adaptar. Temporales oferece a oportunidade e a ajuda para dar o primeiro passo com segurança. Após os primeiros três meses, já terás o tempo e a experiência para saber se é isso que desejas para ti e para a tua família. Então será hora de encontrar um lar e começar a aventura familiar.

Por ser cidadão da União Europeia tens o direito de livre trânsito entre países. Para que possas morar e trabalhar na Holanda sem problemas, basta executar uma série de procedimentos dependendo do tempo que pretendas ficar.

Podes ficar em qualquer país membro da UE por três meses sem te registrar como residente, embora tenhas que notificar a tua presença lá. Se tens decidido que a Holanda oferece a oportunidade para morar e crescer profissionalmente e vais a prolongar a tua estadia por mais de três meses, será necessário  registar-te como residente e executar uma série de etapas simples.

Cônjuge e filhos membros da UE

Os teus familiares, como tu, têm o direito de viajar, viver, trabalhar e estudar na Holanda, porque são membros da União Europeia. Se vão instalar-se permanentemente ou por um período superior a três meses, os procedimentos serão os mesmos que tuviste que fizer na  tua chegada:

  • Registo no BRP (Banco de Dados de Registro Pessoal) no município aonde vais a morar. Para fazer isso, é necessário marcar uma consulta e portar o passaporte europeu válido e a certidão de nascimento legalizada e traduzida para holandês, inglês, francês ou alemão, de cada uma das pessoas que irão se registar.
  • Contratar seguro de saúde. Crianças menores de 18 anos estão incluídas no seguro dos pais.
  • Após 5 anos de residência, podes optar por solicitar residência permanente ou cidadania holandesa.

Cônjuge e filhos NÃO membros da UE

Os filhos e o cônjuge de um cidadão da União Europeia podem encontrar-se com ele ou ela em qualquer país em que ele esteja a viver e trabalhar.

 No caso da Holanda, deverás solicitar um cartão de residência e notificar a sua presença às autoridades competentes, geralmente a câmara municipal ou a esquadra  de polícia do município aonde vão a morar.

Para começar os trâmites, vão precisar de:

  • Passaporte válido do país nacional do seu cônjuge e filhos.
  • Certidão de nascimento.
  • Registo criminal de adultos.
  • O teu passaporte europeu
  • O teu registo como residente legal na Holanda.
  • Contrato de trabalho para justificar que tens meios suficientes para sustentar a sua família.

Importante, documentos não emitidos na Holanda sempre devem ser traduzidos e legalizados.

Posteriormente, deverão marcar citação no IND, para fazer entrega da solicitude, a documentação e as taxas correspondentes. Recebereis uma carta do IND informando o dia em que o processo começou e o período estimado em que o IND tomará uma decisão sobre a solicitação.

O período máximo de resolução é de seis meses.

Depois que a solicitude for aprovada,devereis executar os mesmos procedimentos de residência que um cidadão europeu.

Outros parentes Não membros da UE

No caso de pais, avós ou filhos com mais de 21 anos, os procedimentos e requisitos de inscrição são os mesmos que os mencionados acima, com a única diferença de que precisareis provar que essas pessoas dependem economicamente do cidadão europeu.

Que pelo menos num período de 12 meses tenham sido enviado dinheiro para ajudar e apoiar essas pessoas no seu país de origem.

Se for outro membro da família com outro grau de consanguinidade, também deve ser demonstrado que depende de ti por razões de saúde.

Depois de obter a residência, terão os mesmos direitos e deveres que os cidadãos holandeses.

Subsídios do governo holandês para famílias

O governo holandês oferece uma série de ajudas para famílias com crianças, desde que cumpram alguns requisitos:

Kjnderbijslag: Subsidio infantil

Ajuda aos pais a cada trimestre para cada criança. 

Desde o nascimento até aos 5 anos 221,49 € / trimestre

Dos 6 aos 11 anos 268,95 € /  trimestre

Dos 12 aos 17 anos 316,41 € /  trimestre

Lembra, se trabalhas na Holanda e tens filhos em Portugal até os 17 anos, também podes pedir a kinderbijslag.

Zorgtoeslag: Subsídio para seguro médico

.O subsídio varia a depender do salário anual.

Até 21.000 € por ano 104 € / mês

Entre 21.000 € e 21.500 € por ano 103 € / mês.

Entre 21.500 € e 22.000 € por ano 97 € / mês.

Entre 22.000 € e 22.500 € por ano 92 € / mês.

Huurtoeslag: Subsídio de moradia

Tens direito a este subsídio se moras sozinho e ganhar até 22.700 € / ano, ou se moras com o teu parceiro e ganhas até 30.825 €. Se ganhas mais que esse salário por ano, não terás direito a esse subsídio.

Outro requisito é que o aluguer da casa não exceda 737,14 €

Se ainda tens dúvidas se tens direito as esses benefícios ou não sabes como obtê-los, Temporales oferecemos assistência GRATUITA para os procedimentos de subsídio na Holanda. Envia um e-mail com o título: “Ajuda trâmites Subsídios” para [email protected]. Estamos aqui para ajudar-te!

Posts relacionados

Como obter um passaporte europeu?

Como obter um passaporte europeu?

A União Europeia não possui passaporte. É importante saber que o passaporte europeu está vinculado a cada país membro da UE. Obviamente, ter um passaporte de qualquer um dos estados-membros da comunidade dá-te o direito de viajar, residir e trabalhar em qualquer um...

Como está o sistema de saúde na Holanda?

Como está o sistema de saúde na Holanda?

Pensando em morar e trabalhar na Holanda? Nesse caso, deves estar informado das semelhanças e diferenças entre os dois países e, sem dúvida, o sistema de saúde holandês é uma das grandes discrepâncias com o Serviço Nacional de Saúde (SNS) de Portugal.  O sistema de...

o que fazer com o telefone se você trabalha no exterior

o que fazer com o telefone se você trabalha no exterior

Sempre que pensamos em viajar para o exterior, uma das grandes perguntas é o que acontece com o meu telefone? O celular se tornou o nosso grande parceiro e aliado. Da câmera à agenda, do entretenimento à comunicação. Ter dados disponíveis para estar online é...

Subscribe To Our Newsletter

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This