o que fazer com o telefone se você trabalha no exterior

15/10/2019

Sempre que pensamos em viajar para o exterior, uma das grandes perguntas é o que acontece com o meu telefone? O celular se tornou o nosso grande parceiro e aliado. Da câmera à agenda, do entretenimento à comunicação. Ter dados disponíveis para estar online é essencial. O meu telefone funcionará fora de Portugal? A que custo? Ouvimos falar em roaming, mas o que é roaming?

O QUE É ROAMING?

Roaming é o uso de serviços telefónicos quando estás fora do teu país de origem. Isso inclui fazer e receber chamadas, usar dados e SMS. Isso é possível graças aos acordos entre as companhias telefônicas dos diferentes países. Quando vais a viajar para o exterior ou trabalhar no exterior, a tua operadora de telefone usa a rede de outra empresa no país em que estás neste momento.

Os países são agrupados em faixas e o custo dos serviços depende do país onde estás e não das taxas do teu país de origem. É importante conhecer as taxas do país para o qual  vais viajar, se estiver fora da UE, pois dentro da UE existe um acordo (explicamos um pouco mais abaixo). Também é importante saber como o roaming é ativado ou desativado para não ter surpresas desagradáveis ​​na tua conta.

Em quase todas as empresas, é possível ativar ou desativar o roaming através do serviço ao cliente, ou através do nosso próprio celular.

Empresas como Meo, Vodafone ou Nos têm o serviço de roaming disponível automaticamente. De qualquer forma,  podes verificá-lo através dos aplicativos dos próprios operadores ou ligando para o serviço de atendimento ao cliente. Se não desejas correr o risco de estar num país de fronteira com o qual não há contrato de tarifa de roaming, sempre podes desativar o uso de dados do teu próprio telefone.

Usar o telefone na União Europeia.

Se estás avaliando a possibilidade de trabalhar no exterior, é importante conhecer as condições da tua companhia telefônica.

Desde junho de 2017, se viajas dentro da União Europeia, existe uma lei que regula as condições gerais das empresas. Isso significa que, se fores viver e trabalhar na Holanda ou na Alemanha, ou se decidires viajar para outro país que faz parte da União Europeia, não precisarás pagar taxas adicionais pelo uso do seu serviço telefónico. Isso é conhecido como “roaming sem sobretaxas” ou “roaming em casa”. As chamadas, SMS e dados serão cobrados na mesma tarifa que tens em Portugal, como se recebes a ligação, não serão cobrados custos adicionais.

Mais cuidado, também foi estabelecida uma política de uso razoável, isto é, limites de uso. No caso de chamadas e SMS, podes usar o mesmo que tenhas contratado no teu serviço telefónico, caso precise pagar para fazer chamadas ou enviar SMS, o preço será o mesmo de Portugal. As restrições vêm no uso dos dados. Existem dois casos diferentes:

  • Tens dados limitados. Se tens contratado um serviço de dados limitado, enquanto viajas pela Europa, o teu limite de dados de roaming será o que tenhas contratado, exceto que se contrataste uma tarifa muito barata (menos de 2,25€ por GB). Nesse caso, a tua operadora de telefone pode aplicar a “política de uso razoável” e o limite dos teus dados será menor que em Portugal. A tua empresa é obrigada a informar-te do limite que oferece e a notificar-te quando atingir esse limite. Nesse caso, podes continuar a usar os teus dados móveis, mas com uma taxa mais alta.

Em nenhum momento poderiam cobrar mais de 4,50€ por GB, pois é a taxa máxima aplicada na UE.

  • Tens dados ilimitados. Caso o teu contrato de dados seja ilimitado, a tua empresa precisará fornecer um grande volume de dados para que possas usá-lo em roaming. O número de GB dependerá de quanto pagas no teu contrato. O operador sempre tem a obrigação de informar quantos GB tens disponível.

Se estiver fora de Portugal por mais de quatro meses ou passar mais tempo em outros países do que no teu país de origem, a tua companhia telefônica poderá entrar em contato contigo para esclarecer a situação, pois estarás a exceder o limite de tempo de roaming. Nesse caso, pode começar a cobrar despesas adicionais ou a cobrar taxas de uso fora da União Europeia (preços sem IVA).

0,032 € por minuto de chamada

0,01 € por SMS

4,50 euros por GB de dados (límite em 2019)

Se fores trabalhar no exterior por mais de quatro meses, a melhor opção é obter um cartão SIM do país de origem. As tarifas serão muito mais baratas. Existe a opção de comprar um cartão telefónico com um determinado número de minutos. Estes cartões são muito simples de usar. Podes ligar de qualquer telefone simplesmente discando o código associado e seguindo as instruções. Essa opção é viável se estiveres ausente por mais de quatro meses, mas não por um período superior a meio ano. Nesse caso, recomendamos que compres um SIM local.

Como ligo para Portugal desde o exterior?

Ligar para  Portugal desde outro país é tão simples quanto digitar 00351 na frente do número de telefone. Cada país tem um prefixo associado que é necessário digitar antes do número local se estiveres fora desse país.

O prefixo da Alemanha é 0049 e o da Holanda é 0031, mas  só deves discar se ligar de fora do país em questão.

Assine a newsletter de Temporales se desejar obter mais informações de interesse para trabalhar no exterior.

Posts relacionados

Trabalha na Holanda? Como levar a tua família para Holanda?

Trabalha na Holanda? Como levar a tua família para Holanda?

Trabalha na Holanda? Tomaste a decisão de mudar de país? A Holanda é realmente um ótimo país para viver e com muitas possibilidades. Portanto, se decidiste estabelecer-te e gostarias de levar a tua família contigo.Vamos explicar como. Primeiro de tudo, o principal...

Como obter um passaporte europeu?

Como obter um passaporte europeu?

A União Europeia não possui passaporte. É importante saber que o passaporte europeu está vinculado a cada país membro da UE. Obviamente, ter um passaporte de qualquer um dos estados-membros da comunidade dá-te o direito de viajar, residir e trabalhar em qualquer um...

Como está o sistema de saúde na Holanda?

Como está o sistema de saúde na Holanda?

Pensando em morar e trabalhar na Holanda? Nesse caso, deves estar informado das semelhanças e diferenças entre os dois países e, sem dúvida, o sistema de saúde holandês é uma das grandes discrepâncias com o Serviço Nacional de Saúde (SNS) de Portugal.  O sistema de...

Subscribe To Our Newsletter

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This